img_gravidez

por

Dependerá sempre de mulher para mulher.  Algumas (sortudas!) não têm quaisquer sintomas, enquanto outras têm todos e mais algum. Na maioria dos casos, estes enjoos melhoram no final do primeiro trimestre de gravidez.

Fale com o seu médico e/ou sua enfermeira parteira, poderá fazer-se algo para minimizar o desconforto: Kompensan / Rennie para a azia, paracetamol para dores de cabeça, etc.

ENJOO MATINAL

  • Tente não estar muitas horas sem comer. Geralmente o enjoo agrava-se com a fome (baixos níveis de açúcar no sangue). Uma boa dica pode ser ter alguma coisa na sua mesinha de cabeceira, um pacotinho de bolachas Maria ou de água e sal. Pode mesmo ter que comer qualquer coisa antes de sair da cama. Fique atenta ao seu corpo.
  • Beba água.
  • Evite gorduras e fast food.
  • Tente descansar, quer de noite quer de dia. Seja adepto da siesta!

OBSTIPAÇÃO

  • Beba água pelo menos 8 a 10 copos diários. Conforme é sabido, a água melhora o trânsito intestinal.
  • Tente comer diariamente frutas, legumes frescos e cereais integrais. As fibras ajudam ao funcionamento regular do intestino.
  • Exercício físico é também recomendável.

INCHAÇOS E EDEMAS

  • Beba bastante água fresca.
  • Pratique exercício físico.
  • Reduza o consumo de alimentos salgados, fritos. O sal promove a retenção de líquidos.
  • Mantenha as pernas elevadas sempre que lhe for possível. Sugestão: coloque uma almofada alta ou um cobertor dobrado debaixo do colchão no seu lado da cama: assim evita que, com os movimentos durante o sono, a almofada saia do lugar. Resulta!
  • Coma alimentos considerados diuréticos e ricos em vitamina B: ervilhas, espargos, arroz, cebolas, beterraba, salsa, alho, ananás, uvas, entre outros.
  • Deverá massajar as suas pernas com um bom creme. Aconselhe-se com o seu médico. Sugestão económica: uma vez que os cremes são artigos dispendiosos, poderá optar por esta ideia: compre uma embalagem de Loção gel hidratante Vasenol Aloe Fresh e coloque-a na frigorífico! Este produto é de aplicação fácil e rápida absorção e, estando fresco, vai fazê-la sentir-se muito mais confortável.

AZIA

  • Coma frequentemente e pouco de cada vez. Tente comer, por exemplo, de duas em duas horas e evite encher o estômago.
  • Evite deitar-se logo após as refeições, para que a digestão se processe de forma normal.
  • Evite alimentos fritos e gorduras.
  • Prefira o ananás como fruta após as refeições. Esta fruta ‘acelera’ o processo de digestão.
  • Evite café, chá e refrigerantes.

SEIOS DORIDOS

  • Os seus seios estão a crescer rapidamente e senti-los-á doridos ao toque. Compre um soutien à medida e adequado a esta fase, para garantir um melhor suporte.

VONTADE FREQUENTE DE URINAR

  • À medida que o útero aumenta, a pressão sobre a bexiga é também maior, fazendo com que tenha vontade de urinar com mais frequência. Não reduza a ingestão de líquidos, poderá ficar desidratada. Beba, sensivelmente, oito copos de água por dia e esforce-se por exercitar os músculos do pavimento pélvico, o que ajuda a controlar a bexiga.

MANCHAS NA PELE

  • Use protector solar, chapéus e óculos de sol.

CORRIMENTO VAGINAL

  • É provavel que se aperceba de um aumento do corrimento vaginal, que ocorre devido a uma produção mais significativa de mucosidade e a um maior fluxo sanguíneo em redor da vagina. Fale com o seu médico.

DORES NAS COSTAS

  • Pratique exercício físico.
  • Experimente exercícios de relaxamento e/ou distensão.
  • Mude a sua posição frequentemente.
  • Uma massagem também poderá ajudar…

DORES DE CABEÇA

  • Pratique exercício físico. Por pouca vontade que tenha, obrigue-se a fazê-lo! Além de outros benefícios, estimula a produção de hormonas de ‘bem-estar’, que funcionarão como analgésicos naturais.
  • Hidrate-se! A causa das suas dores de cabeça poderá ser desidratação.
  • Evite alimentos muito condimentados e gordurosos. Prefira alimentos integrais frescos.
  • Aplique uma compressa fria na zona do pescoço.

Psicóloga Clínica (ISCS-N). Mestre em Aconselhamento Dinâmico (ISMT). Psicodramatista (SPPPG). Instrutora de Massagem Infantil (APMI-IAIM). Instrutora de Massagem nas Escolas (AME-MISP). Formação em Vinculação e Psicopatologia. Docente do Ensino Superior. Orientadora / co-orientadora de teses de licenciatura e orientadora de estágios em Psicologia. Formação em Língua Gestual Portuguesa - nível I.

Latest posts by Helena Eiro Ferreira (see all)