avent conteiner de leite

por

Uma das grandes preocupações das mamãs (que pretendem continuar a amamentação) assim que regressam ao trabalho é: será que vou continuar a poder amamentar o meu bebé? Conseguirei armazenar leite suficiente para o meu bebé? Terei armazenado já leite suficiente para o meu bebé?

A minha sugestão, baseada na minha experiência, é: comecem a fazer um banco de leite cerca de um mês antes do regresso ao trabalho.

O que é um banco de leite? É uma reserva de leite conservado no congelador (existem algumas regras das quais falo à frente) suficiente para quando a mãe está ausente (trabalho, outras razões).

Porquê extrair leite? Muitas vezes o bebé não consegue mamar ou não pode, pode ser necessário aumentar a produção de leite. A extracção frequente e eficaz de leite é um estímulo importante para a produção de leite.

Como pode extrair leite? O objectivo da extração de leite é retirar leite simulando o bebé a mamar. Será necessária alguma paciência… O ambiente deverá ser tranquilo, se achar necessário olhe para uma foto do seu bebé ou veja um vídeo, ou simplesmente pense nele! :)

Uma nota muito importante: na ordenha, os primeiros movimentos servem para estimular a produção de leite, portanto é normal que não saia leite nos primeiros minutos. Não desista! Quando menos esperar, vai ver o leite sair. Mesmo que no primeiro dia extraia apenas 5ml ou nada, não desista!!! Continue, seja persistente (eu sei que é difícil…), pense no seu bebé e nos benefícios para a sua (sua e do bebé!) saúde física e mental. Nos dias seguintes irá retirar 10ml, depois 15ml, depois 20ml…

A extracção pode ser feita ou manualmente ou com bomba de extracção manual ou eléctrica. Extrair manualmente é, sem dúvida, a forma mais barata mas que exige alguma prática… Deverá retirar o leite depois de o seu bebé mamar. Por exemplo, se mamar apenas de uma das mamas, pode extrair leite da outra. Na primeira mamada da manhã as mamas costumam estar mais cheias (a produção de leite aumenta durante a noite) e, depois da primeira mamada da manhã ‘sobra’ leite, que poderá retirar. Sempre que não estiver com o bebé (trabalho, saída com amigas/marido, etc) pode retirar leite por volta da hora em que supostamente o seu bebé mamaria.

As bombas eléctricas e manuais são bastante rápidas e eficientes. No caso das bombas eléctricas, basta apenas colocar a peça de sucção junto ao seio, ligar a máquina e deixá-la fazer o trabalho de extracção do leite. Poderá ajustar a velocidade e pressão confortáveis para si. No caso das bombas manuais, é a mãe que tira o leite apertando uma espécie de pêra de borracha ou manivela.

A extracção de leite é útil ou necessária em algumas situações:

  • manter a lactação em caso de doença da mãe;
  • manter a lactação em caso de doença/hospitalização do bebé;
  • manter a lactação em caso de necessidade da toma de medicação por parte da mãe;
  • começar e/ou manter a lactação em casos de bebés prematuros e bebés que não consegue mamar;
  • manter lactação quando a mãe tem que se ausentar (no caso de regressar ao trabalho crie uma rotina de extracção de leite);
  • esvaziar um pouco a mama no caso de estar cheia, ajudando o bebé a pegar o seio;
  • prevenir ingurgitamento, mastites e ductos bloqueados;

Quando iniciar a extracção de leite? O início da extracção vai depender do momento e do motivo da decisão. Não se esqueça que, mais cedo ou mais tarde, irá deparar-se com uma das situações atrás referidas, assim, inicie assim que puder.

Depois de tirar leite, é necessário conservá-lo / armazená-lo de forma correcta em recipiente próprio esterilizado, sem risco de o leite estragar. Se não conseguir retirar uma grande quantidade de leite, guarde-o no frigorífico (não mais de 3 dias), podendo juntá-lo ao que retirar da próxima vez para completar uma mamada.

A melhor forma de esterilizar o copo onde o leite materno vai ser guardado é fervendo-o por 15 minutos, ou usando esterilizadores de microondas pelo tempo determinado na embalagem do esterilizador.

Quando o leite é congelado perde algumas das suas propriedades nutricionais e imunológicas, mas isso, em termos práticos, é negligenciável. O leite materno mesmo congelado continua a ser melhor do que qualquer outro leite!!

Depois de acondicionar o leite no recipiente, deverá rotular o mesmo e guardar no congelador; deverá consumir primeiramente o leite mais ‘antigo’. O leite deverá ser acondicionado em quantidades equivalentes a uma refeição do seu bebé. Descongele preferencialmente no frigorífico, no entanto pode também fazê-lo em banho-maria e, em ultimo caso, no micro-ondas. Deve agitar o leite para que se misture de forma homogénea. Pode transportar o leite congelado numa saída ocasional, por exemplo. Para o transportar, pode usar sacos térmicos ou geleiras.

Notas Importantes:

  • O leite materno pode ficar à temperatura ambiente até 2 horas;
  • Não deverá manter o leite no frigorífico por mais do que 12 horas;
  • Nunca guarde o leite na porta do frigorífico: é aberto frequentemente e está sujeito a maior oscilação de temperatura;
  • Não encha o recipiente até ao cimo: quando congelado o leite materno expande muito;
  • Não recongele o leite;

 

Amamente!

O leite é um alimento vivo, amor em estado líquido! :)

 


 

Psicóloga Clínica (ISCS-N). Mestre em Aconselhamento Dinâmico (ISMT). Psicodramatista (SPPPG). Instrutora de Massagem Infantil (APMI-IAIM). Instrutora de Massagem nas Escolas (AME-MISP). Formação em Vinculação e Psicopatologia. Docente do Ensino Superior. Orientadora / co-orientadora de teses de licenciatura e orientadora de estágios em Psicologia. Formação em Língua Gestual Portuguesa - nível I.

Latest posts by Helena Eiro Ferreira (see all)