Mastitis_2

por

A mastite é uma inflamação do tecido mamário. É comum durante o aleitamento, afectando normalmente uma mama, mas em alguns casos poderá afectar as duas.

Causas
A mastite surge quando um dos ductos mamários “ entope” ou quando a pele à volta do mamilo “estala”. Estas situações podem permitir que haja desenvolvimento bacteriano no tecido mamário.
É uma condição comum durante a gravidez e aleitamento, podendo surgir noutras circunstâncias tais como tuberculose, irritação da pele ou ainda, raramente, no cancro da mama.

Factores de risco

  • Episódio de mastite anterior
  • Zona do mamilo gretada
  • Uso de roupa e sutiã apertado
  • Aleitamento pouco frequente e irregular
  • Pressão nas mamas causada por: dormir de barriga para baixo, apertar a mama com força durante a mamada, o bébé dormir sobre a mama, exercício físico ( especialmente a corrida) sem sutiã adequado.
  • Todas as situações que permitem que haja acumulação de leite na mama, tais como: o uso de mamilos artificiais, posicionamento incorrecto do bébé durante a mamada, dentição do bébé, desmame repentino, patologia hormonal ou diminuição da eficácia do sistema imunitário, diabetes, artrite reumatóide, administração de medicamentos à base de cortisona, cirurgia mamária anterior, hábitos tabágicos, psoríase ou patologia dermatológica.

Sintomas

  • Febre
  • Fadiga
  • Náuseas e vómitos
  • Sintomas típicos de gripe (arrepios, dor de cabeça etc)
  • Sintomas inflamatórios na mama: rubor, calor e edema (inchaço)
  • Sensação de queimadura na mama
  • Existência de nódulos na mama
  • Drenagem de pús pelo mamilo
  • Edema dos nódulos linfáticos na axial ou acima das clavículas

Caso estes sintomas existam não hesite em contactar o seu médico, este fará o diagnóstico correcto e procederá ao seu tratamento que pode incluir medicação ou, em casos extremos, cirurgia.

Outras técnicas de tratamento podem ser utilizadas:

  • Drenagem dos ductos mamários – mamadas frequentes (o leite da mama com mastite não é prejudicial para o bébé) e uso de bomba de extração de leite
  • Aplicação de compressas quentes antes da mamada para potenciar o efeito reflexo de ejecção de leite
  • Dar ao bébé a mama com mastite primeiro, para potenciar o seu esvaziamento completo

Alívio de sintomas

  • Aplicar gelo na mama após cada mamada durante 15 minutos
  • Beba muitos líquidos
  • Repouso
  • Atenção: nunca tome analgésicos ou anti-inflamatórios sem consultar o seu médico

Prevenção
Existem algumas estratégias que podem ajudar a prevenir o desenvolvimento de mastite:

  • Mamadas frequentes e uso de bomba extratora de leite quando necessário
  • Lave as mãos e o mamilo antes da mamada
  • Evite o uso de roupas e sutiãs apertados
  • Evite dormir de barriga para baixo ou permitir que o bébé durma em cima do seu peito
  • Caso haja mamilos gretados aplique creme ou loção hidratante aconselhada pelo seu médico

Este artigo foi gentilmente escrito por:

Joana José

Fisioterapeuta no Hospital do Arcebispo João Crisóstomo – Cantanhede

Contacto: joanajose@gmail.com

Psicóloga Clínica (ISCS-N). Mestre em Aconselhamento Dinâmico (ISMT). Psicodramatista (SPPPG). Instrutora de Massagem Infantil (APMI-IAIM). Instrutora de Massagem nas Escolas (AME-MISP). Formação em Vinculação e Psicopatologia. Docente do Ensino Superior. Orientadora / co-orientadora de teses de licenciatura e orientadora de estágios em Psicologia. Formação em Língua Gestual Portuguesa - nível I.

Latest posts by Helena Eiro Ferreira (see all)